Família?

Série: Não Perca Mais Tempo – 35/45

Vejo-me cercado de pessoas que não sorriem mais… cercado de relacionamentos sem planejamento verdadeiro, feito de surpresas nem sempre agradáveis.

As gerações mudaram e me deparo com tantas pessoas com filhos mas nem sempre na mesma casa ou em uma família constituída onde existem os pais e os filhos sob o mesmo teto. Dificilmente eu consigo perguntar a alguém se essa pessoa tem um filho e a resposta seja não, e mais raro ainda se este filho é fruto de um casamento (seja qual for) estável. A ideia de família (mamãe, papai e filhinhos, cachorro, gato, galinha…) esta cada vez mais distante. Parece que a tão propalada correria do dia a dia tem atropelado tudo, inclusive essa instituição e não estou falando de um modo retrógrado.

“O futuro a Deus pertence…”

Não!

O futuro pertence a você e a uma série de fatores, coincidências e até mesmo (se você acreditar) a intervenção divina, mas acima de tudo a sua visão de mundo. Onde se encaixa o termo: formar uma família na tua vida ?

Filhos são herança e não herdeiros.1236350_651040654915077_713320423_n

Pense:

Herança é algo que você deixa. Herdeiro é alguém que recebe aquilo que você deixou. Mas nossos filhos são algo que deixamos para o mundo.

Como você vai criar seus filhos é o que determinará o que eles serão.

Não sou do tipo que acredita que apenas se eles forem criados em uma família “tradicional” eles serão alguém especial, mas uma coisa é fundamental: amor. 

O mundo dito “moderno” prega algumas coisas que não são tão reais assim, e fazem com que nos esqueçamos de amar o próximo, e principalmente faz com que esqueçamos o valor que tem planejarmos nossa vida, pensarmos cada passo (sem encucamentos) e quando as surpresas vierem ao menos estarmos preparados para encara-las de frente, sem sobressaltos.

O que vejo ultimamente são bilhões de pessoas que dizem estar reconstruindo sua vida, cometendo os mesmos erros e alguns até piores na vã tentativa de fazer diferente, ou até na loucura de procurar o oposto do que sempre quis. Vejo pessoas dizendo que não podem ser felizes, que Deus não gosta delas (ou esperando que Deus venha e mostre cada passo a ser dado). O que não vejo é alguém dando mais valor a algo louvável que é o amar o próximo e assim constituir um relacionamento mais saudável.

São muitas pessoas rindo entredentes por fora e destruídas emocionalmente por dentro.

Isso é o que? Vida?

Não acho que é.