Clique aqui

Série: Não Perca Mais Tempo 40/45

Quem disse que você não vai conseguir?

Quem disse que isso não é para você?

Quem tentou te desanimar?

Quem faz o seu futuro? Não é você mesmo?

Quem luta por uma conquista? Não é você mesmo?

Muitos tem mania de entrar em uma batalha achando que já estão derrotados. Pensando que o outro é melhor, que não conseguem.

Se for para entrar numa batalha com este pensamento, não entre.

Precisamos ter primeiro fé em nós mesmos, porque só ter fé em Deus ou em qualquer poder divino, espiritual ou maligno, não vão te ajudar se você não crer que pode e vai conseguir. E mais: Cair leva a crer que você irá se levantar, para isso que existe a força.

Se você já está derrotado antes de lutar, poupe-se da humilhação.

Sempre terá alguém que acredita em você, mas sempre terão os invejosos, os pessimistas, derrotistas, covardes e as pessoas que não gostam de você, mas acredite quase todos estes vão querer tirar proveito do seu sucesso, mas é você quem escolhe o que vai ser.

Achou forte isso.

Então erga a cabeça e vai.

Um ato solitário

Alegria Trapa aparado_206

Série: Não Perca Mais Tempo 39/45

Escrever é um ato solitário, que já teve seus momentos até mais íntimos, onde o lápis (ou a caneta) traduziam seus pensamentos em formas de hieroglifos chamados de letras, depois palavras e finalmente frases. Era a sua mão quem produzia e muitas vezes quase ilegíveis garranchos, mas que tinham o seu propósito.

De repente seus pensamentos, ideias, dramas, poesias, opiniões, etc… se tornavam de interesse de outras pessoas e depois mais outras até que tudo era compartilhado, admirado ou odiado… mas era só seu… e depois de quem quisesse.

Hoje o escrever por vezes deixa de ser um ato solitário, pois até os erros que a gente cometia na grafia ou na gramatica das letras não são mais permitidos, já que a tecnologia tem o seu corretor de texto, que tanto auxilia como te atrapalha, já que a pressa faz com este instrumento escreva até antes de você terminar, e lá se vão ideias perdidas.

Que tal a gente fazer algo diferente? Fugir desta velocidade que não nos leva a lugar nenhum?

Confesso que quando quero escrever algo muito importante eu ainda rascunho em uma folha de papel com minha inseparável BIC e só depois transporto para este mundo virtual que é quase intangível…

Vamos desabafar, chorar ou sorrir através das palavras, mas primeiro vamos fazer isso de modo particular, sem ser no computador ou no Smartphone… sem ser no whatsapp ou no Facebook…

Você sabia que a maioria dos textos que você coloca na sua página das tais redes sociais, recebem curtidas sem ao menos a pessoa ter se dado ao luxo de ler? Pois é!

A vida pode ser mais simples sem se abrir mão da tecnologia, desde que você não faça do seu celular um membro do seu corpo…

Já vi gente dentro da igreja, conectado a internet ou respondendo mensagens sem ao menos olhar para a pessoa do lado, ou para o pastor ou padre… Vamos viver no mundo real também.