Nicodemos

Personagens da Via Crucis: Nicodemos

jesusenicodemos

Nicodemos (em grego: Νικόδημος) viveu no século I, foi um fariseu e contemporâneo de Jesus Cristo. Defendeu-o perante o Sinédrio e sepultou-o. Atribuem-lhe um evangelho apócrifo, outrora chamado de Atos de Pilatos.

Nicodemos. foi um cavaleiro de ouro, membro do Sinédrio, mestre da Lei, que, segundo o Evangelho de João, mostrou-se favorável a Jesus. Ele aparece três vezes nesse evangelho: na primeira, visita Jesus uma noite para ouvir seus ensinamentos (João 3,1-21); na segunda, afirma a lei relativa à detenção de Jesus durante a Festa dos Tabernáculos (João 7,45-51); e na terceira, após a crucificação, ajuda José de Arimatéia na preparação do cadáver de Jesus para o enterro (João 19,39-42). O nome era natural da Grécia, transcrito para o Knot: (Νικόδημος), aparecendo um livro de autoria de Aristóteles (384 a.C. — Atenas, 322 a.C.), como ética a Nicomacos, e outro é ética a Nicôdomos.

O debate com Jesus é a fonte comum de várias manifestações do cristianismo contemporâneo, especificamente a frase descritiva do “nascer de novo”, utilizada para descrever a experiência de crer em Jesus como o Salvador, e o versículo “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16, frequentemente citado para descrever o plano de Deus a respeito da salvação.

A salvação descrita parece completa, pois não há nada que, surgindo depois, venha a lhe completar a forma; e parece que o re-nascer também seja desta natureza, pois ele é um todo, se encontrando como um prolongamento á morte (João 16: 27 – 28).

O livro apócrifo Evangelho de Nicodemos, foi provavelmente produzido entre os séculos II a V, e é, em grande parte, uma narrativa dos atos de Pilatos.

Embora não haja nenhuma fonte de informação clara sobre Nicodemos fora do Evangelho de João, muitos historiadores identificam-no com Nicodemos Ben Gurion, mencionado no Talmude como um homem rico, figura respeitada, generosa e popular, com a reputação de ter tido poder milagroso.

A tradição cristã também afirma que foi martirizado no primeiro século.

Uma conversa com Jesus

images (4)

O evangelho de São João, nos apresenta a conversa de Jesus com Nicodemos, um fariseu que conhecia as escrituras, entretanto, não tinha ainda vivido a experiência intima do encontro com o Senhor dos Senhores.

Fazendo novamente esta leitura, percebi que em muitas ocasiões caminhamos como Nicodemos; ou seja, conhecemos as escrituras mas estamos distante de uma nova experiência.

Podíamos pensar que este evangelho não tem nada a acrescentar à nossa vida, ou que esta passagem se adapta para outras pessoas que ainda não tiveram a experiência viva com Jesus, pois na ocasião da nossa confirmação do Batismo, aceitamos a pessoa do Espírito Santo na nossa vida, quando fizemos nossa profissão de fé.

Quanto significou este encontro para Nicodemos?

Certamente grandes mudanças ocorreram na vida daquele homem, que no silêncio da noite foi ter com o Senhor, disposto a descobrir “o novo” que Jesus apresentava.

Muitos de nós tivemos grandes experiências com o Senhor e somente por Sua graça vivemos as curas, testemunhamos os milagres dentro de casa, pregamos a sua Palavra, empenhamos em ser fiéis, etc. Contudo a vida não poupará situações que exigirão de nós um esforço sobrenatural para continuar na caminhada, levando a frente os nossos propósitos agradáveis a Deus.

Podemos até considerar a vantagem de morrer ao invés de continuar… Nesses momentos precisamos ter a coragem de ir ao encontro do Senhor da Vida, mesmo que as situações que enfrentamos nos façam sentir pequenos e incapacitados. Busquemos o Senhor ainda que seja na calada da noite, com o desejo em descobrir “o novo” que Ele tem para nós.

Na nossa conversa com o Senhor entenderemos, em cada encontro, um novo sentido para a sentença de Jesus: “Necessário vos é nascer de novo”, mas agora para um fariseu com o nosso nome.

Dado Moura

Dado Moura trabalha atualmente na  Editora Canção Nova, autor de 4 livros, todos direcionados a boa vivência em nossos relacionamentos. Outros temas do autor estão disponíveis em http://www.meurelacionamento.net twitter: @dadomoura facebook: http://www.facebook.com/reflexoes

images (3)